S?bado, 20 de diciembre de 2008


"K 8" 2008

"THE LETTER AS WORK OF ART"

(Instalação)

 

 

 

FERNANDO AGUIAR

 

 

 

Galeria Pedro Serrenho - Arte Contemporânea

 

Lisboa - Portugal

 

 

Novembro / 2008  -  Janeiro / 2009

 

 

 

THE LETTER AS WORK OF ART

 

“THE LETTER AS WORK OF ART” é uma instalação constituída por várias dezenas de obras sobre papel de pequenas dimensões, e por esculturas em metal resultantes da ampliação de algumas dessas obras que resultam, nesse contexto, em projectos para para trabalhos com outras dimensões.

 

Essas obras foram produzidas em cerca de 2 meses, entre o final de 1991 e o princípio de 1992,

com o objectivo de criar poemas visuais com um número mínimo de elementos, valorizando a componente formal desses “poemas” que, em muitos casos, se resumiam apenas a uma letra trabalhada estética e criativamente no pequeno espaço de uma folha.

 

Foram realizadas cerca de 100 pequenas obras sob o conceito “a letra é o poema”, onde a letra, a pontuação ou a acentuação, enfim todo e qualquer sinal gráfico que pudesse ser utilizado na comunicação no âmbito da cultura ocidental, resultasse na obra de arte.

O que obviamente não foi fácil. A partir dos resultados obtidos, foram posteriormente desenvolvidos esboços para pinturas, esculturas em pedra, esculturas em metal, obras em metal para parede e instalações, que continuam ainda em projecto.

 

É uma selecção desse trabalho de pesquisa/produção que agora se apresenta, resultando os elementos expostos num ambiente onde a temática são as letras, a forma e o corpo destas, dando origem a obras que perderam a força da semântica para privilegiarem uma comunicação que se efectua pela(s) forma(s) e pelos materiais em que esses grafemas são apresentados.

 

Na maioria dos trabalhos a forma da letra é respeitada, e é na associação com outras letras e sinais ortográficos

- muitas vezes pela (des)proporção de umas em relação a outras - que se concretiza o objecto artístico.

 

Várias destas obras foram, ao longo dos anos, publicadas em revistas e em jornais culturais em Portugal, Espanha,

 Brasil, Itália, Canadá, Holanda, Austrália, U.S.A., França, Hungria e na Jugoslávia, em antologias literárias em Espanha e no Canadá e em catálogos de exposições na Polónia, Brasil, França, Espanha e em Portugal.

Em 1994 a editora da Universidade de Siegen, na Alemanha, publicou na sua colecção “experimentelle texte”,

o livro “Minimal Poems”, com 35 dessas obras minimalistas.

 

 

 

 

 

 

FERNANDO AGUIAR

 

Nasceu em Lisboa, em 1956. Licenciado em Design de Comunicação pela Escola Superior de Belas–Artes de Lisboa.

Realizou 38 exposições individuais em Portugal, Hungria, México, Polónia, Itália, Espanha, Bélgica, Emiratos Árabes Unidos e em Cuba.

 

Participou em inúmeras exposições colectivas, das quais se podem destacar nos últimos anos as realizadas no Centro Cultural Português da Fundação Calouste Gulbenkian (Paris), Museo D’Arte Contemporanea di Villa Croce (Genova), Galeria Justino Corbacho (Madrid), Hermetic Gallery (Milwaukee), Pallazzo Della Ragione (Mantova), National Centre for Contemporary Art (Kaliningrad), Museu de Arte Contemporânea de Serralves (Porto), Ernst Múzeum (Budapeste), Arte Lisboa – Feira de Arte Contemporânea (Lisboa), Museum Für Modern Kunst (Weddel), Galeria Factoria Perro Verde (Madrid), Centro de Artes e Espectáculos (Figueira da Foz), Museo Ideale Leonardo Da Vinci (Vinci), Galeria Pedro Serrenho – Arte Contemporânea (Lisboa), Museo Vostell Malpartida (Malpartida de Cáceres), Gallery 324 (Cleveland), Museo Ebraico de Venezia (Veneza), Art Madrid (Madrid), Szent István Király Múzeum (Székesfehérvár) e na ITCA 2008 – International Triennale Of Contemporary Art.

 

Está representado, entre outras, nas seguintes colecções: Museu de Arte Contemporânea de Serralves (Porto), Museu D’Arte Moderna e dell’ Informazione (Senigallia), Museu Municipal Dr. Santos Rocha (Figueira da Foz), The Ruth and Marvin Sackner Archive of Concrete and Visual Poetry (Miami Beach), Museu Comunale D’Arte Contemporanea (San Vito dei Normanni), Câmara Municipal da Amadora, Museu Vostell Malpartida (Malpartida de Cáceres), Archivio di Nuova Scrittura (Milão), Museum Für Modern Kunst (Weddel), Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Szent István Király Múzeum (Székesfehérvar) e Collezione Adriano Parisi (Verona).

 

 

 

 

 

****

 

 

 

 

Fernando Aguiar
Apartado 50.253
1707-001 Lisboa
PORTUGAL
 
e-mail:
[email protected]
http://ocontrariodotempo.blogspot.com/
http://www.anamnese.pt/index2.php?projecto=az
http://homepage.oniduo.pt/domador_de_sonhos/faguiar_poema.html

 

 


Tags: FERNANDO AGUIAR

Publicado por gala2 @ 14:02  | poesia visual
Comentarios (0)  | Enviar
Comentarios